3 alternativas para você não deixar sozinho os seus animais de estimação durante a viagem

Vai sair de férias? E os seus animais de estimação?




A melhor resposta seria: eles vão junto! Muitas vezes não depende do dono, muitos locais não aceitam animais de estimação (pet friendly) e o bichinho de estimação terá que ficar.


Réveillon, o terror de cães e gatos

Eles odeiam essa época do ano, devido aos fogos de artifícios. Os transtornos são vários devido ao barulho que essa brincadeira de mau gosto proporciona.



Esse é um costume que infelizmente irá persistir por muitos anos até o ser humano evoluir um pouquinho, pensar nos animais, pensar nos enfermos e nas pessoas com alguma deficiência onde o barulho excessivo é perturbador.

Volto neste assunto em uma outra oportunidade. Esta é apenas uma das preocupações que os donos têm quando vão sair de férias. E agora? Quem irá me socorrer! Calma! Separamos 3 alternativas para você não deixar seu animal de estimação totalmente sozinho.

Hotel para cachorro ou Hotel que aceita cachorro?

Tudo depende do seu destino de férias. Se o hotel aceitar seu animal de estimação e ele não causar maiores transtornos para você, melhor levar junto. Afinal não há lugar no mundo, onde eles gostariam de estar do que ao lado do seu dono.

Se esta opção não for a sua, então é melhor procurar um lugar onde você possa deixar seu cão em segurança. Ah! Nem sempre aquele parente vai se oferecer para cuidar do seu pet.

Os hotéis para cães são uma opção. Esse tipo de negócio está em ascensão no Brasil devido a demanda, que aumenta muito no final de ano .

O hotel de cachorro é uma alternativa onde você poderá deixar seu animal de estimação seguro e sob a tutela de profissionais. Geralmente esses hotéis dispõem de área para laser e alojamentos individuais.

O valor da diária é variável conforme a estrutura oferecida. Os mais caros agregam mais serviços e são mais exigentes quanto a aprovação do hospede. Exigem carteira de vacinação em dia, dose de remédios contra pulgas e carrapatos em dia, etc. Tudo para manter o ambiente livre dessas pragas e evitar que os demais hospedes sejam prejudicados.


Os que aceitam cães de vários porte e também gatos, devem contar com áreas específicas para lidar com cada um deles e também áreas reservadas caso haja cães que demonstrem agressividade com outro cão que porventura esteja hospedado, o famoso “não fui com a sua cara.”

Hospedagem de animais de estimação

Outra alternativa bacana é a hospedagem. Você deixa seu animal de estimação na casa de outra pessoa.



Neste caso não conta com a infra estrutura de um hotel, porém o tratamento é mais personalizado, afinal ele será um hospede daquela casa.

O importante neste caso é deixar seu animal de estimação com quem já tem referência ou que você já conheça. E o mais importante: que goste de animais de estimação. Neste caso seu pet terá mais atenção por parte dos donos.

É semelhante a você comparar entre hospedar em um hotel ou na casa de um amigo. Quem geralmente irá te dar maior atenção? Um atendimento personalizado, visando te proporcionar uma boa estadia?



A hospedagem é um ponto a ser considerado, uma excelente alternativa para cidades que não contam com serviço de hotéis para animais de estimação. Embora o serviço de hospedagem geralmente, não conte com uma super estrutura, ele é mais aconchegante e isso é o que mais importa para o seu cão. 

Os pontos negativos da hospedagem é que geralmente não aceitam cães de grande porte, salvo se os donos já estiverem acostumados a lidar com eles e o local da hospedagem contar com um quintal amplo. A diária também é variável. Quem dá mais atenção geralmente cobra mais. Cuidar de animal de estimação, mas cuidar de verdade, dá trabalho!



Desconfie de quem cobra baratinho. Vá conhecer o local, veja se o seu animal ficará preso ou solto no quintal. Se a estrutura do local e o ambiente são bem cuidados. Se tiver gramado, se a grama está bem aparada, etc...

Atendimento em casa através de um serviço de Pet Sitter

Essa é outra alternativa que você poderá optar para não ter que deixar seu animal de estimação sozinho: O serviço de pet sitter. Esta modalidade não é recente, porém ainda está chegando ao conhecimento do público.



Este serviço consiste em visitar seu animal de estimação na sua casa, quando você estiver fora. Embora seu animal de estimação fique sozinho durante boa parte do dia, este serviço garante pelo menos, a manutenção de água e comida.



Seu cão não sairá do ambiente onde ele vive, o que pode ser um ponto positivo. Evitando estresse de um ambiente diferente, ainda mais se o seu animal de estimação não tiver bom relacionamento os demais.



Existem profissionais que agregam mais serviços, como limpeza do ambiente onde seu animal de estimação fica, serviço de dog walker (passeio com seu animal de estimação), brincadeiras no local, etc...

A visita no local dura entre 30 a 60 minutos. E o horário do dia fica a combinar. O valor depende do serviço agregado, geralmente é mais em conta que os valores das hospedagens nas casas e das diárias nos hotéis.

Este serviço também deverá ser contratado com cautela, procurando conhecer o profissional que dará atendimento. Buscar referências neste tipo de serviço é fundamental.

Comentários

Postagens mais visitadas